CARACTERÍSTICAS DOS ANFÍBIOS PERERECAS RÃS SAPOS
 
 

Pererecas: Repodução em Banhados

 

 

A maioria das espécies de pererecas e rãs utilizam os banhados para procriar-se. Os girinos adaptados para desenvolverem-se neste ambiente aquático, que seca durante o período de estiagem, apresentam um tempo de desenvolvimento curto, de algumas semanas.

Estes locais são relativamente seguros para os girinos, pois certos predadores aquáticos, como os peixes, por exemplo, não conseguem se desenvolver no curto período que permanecem com água.

Quer ouvir os anfíbios coaxando nesta lagoa? Então, clique aqui.

À noite, esse é o som da natureza!

 

 

Pererecas: Reprodução em Lagoas Permanentes

As espécies de pererecas que utilizam as lagoas permanentes necessitam de tempo longo (até um ano) de desenvolvimento, durante sua fase de girino.

 

Pererecas: Reprodução em Riachos

Os girinos das espécies de pererecas que utilizam os riachos são bastante exigentes quanto a pureza da água. A poluição dos riachos por agrotóxicos e esgotos representa uma séria ameaça a elas. Outro problema muito sério são desmatamentos, que fazem as nascentes secarem. Muitas espécies necessitam da água próxima das nascentes para se reproduzirem. A destruição da mata ciliar também afeta estas espécies, já que elas vivem nas árvores.

 
  • fepema
  • weg
  • frbl
  • johnsonejohnson
  • bvs&a
  • governo_sc
  • avina
  • brazil_foundation
  • portal_social
  • celesc
  • prefeitura_jaragua
  • fujama
  • Doacao Donate