VER GALERIA DE FOTOS

 
 

INFORMAÇÕES:

DORMIDEIRA-CINZENTA
Sibynomorphus neuwiedi (Ihering, 1911)


Foto: Joel Marcos Ventura
Local: Joinville (SC)
Data: julho/2011


É uma serpente não peçonhenta de pequeno porte, atingindo cerca de 90 cm de comprimento total (medida do exemplar encontrado em Joinville por Joel Marcos Ventura, autor das fotos). As fêmeas atingem maior comprimento que os machos. Possuem hábito terrícola, ocupando tanto áreas abertas como áreas de mata, e atividade noturna;

Alimentação
Sua dieta consiste basicamente de lesmas, semelhante ao observado para as demais espécies do gênero Sibynomorphus (Laporta-Ferreira et al., 1986; Marques, 1998; J. Oliveira, 2001). Segundo Laporta-Ferreira et al. (1988), S. neuwiedi possui características do crânio que permitem ao animal alimentar-se de gastrópodes, sem fraturar suas conchas. Estas serpentes inicialmente mordem as partes moles do caracol, injetando nelas o produto das glândulas cefálicas, o que provoca anestesia do molusco; numa segunda etapa, retiram o animal já inerte da sua própria concha e o engolem. 

Reprodução
É ovípara, havendo registro de uma desova composta por 10 ovos. Quando capturadas utilizam descargas cloacais fétidas como comportamento defensivo.

Referências
BORGES-MARTINS, M.; ALVES, M.L.M.; ARAUJO, M.L. de; OLIVEIRA, R.B. de & ANÉS, A.C. 2007. Répteis p. 292-315. In: BECKER, F.G.; R.A. RAMOS & L.A. MOURA (orgs.) Biodiversidade: Regiões da Lagoa do Casamento e dos Butiazais de Tapes, Planície Costeira do Rio Grande do Sul. Ministério do Meio Ambiente, Brasília. 385 p.
 
  • fepema
  • weg
  • frbl
  • johnsonejohnson
  • bvs&a
  • governo_sc
  • avina
  • brazil_foundation
  • portal_social
  • celesc
  • prefeitura_jaragua
  • fujama
  • Doacao Donate