Informações Gerais Borboletas Mariposas Lagartas Crisálidas
Abelhas, Vespas & Formigas Besouros Bicho-pau e Louva-deus Aranhas Moluscos
Crustáceos Moscas Percevejos Outros invertebrados  
 
 
 

VER GALERIA DE FOTOS

 
 

INFORMAÇÕES:

GORGULHO (besouro) - long nose beetle

Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Subclasse: Pterygota
Infraclasse: Neoptera
Superordem: Endopterygota
Ordem: Coleoptera


Foto: Germano Woehl Junior
Local: RPPN Santuário Rã-bugio - Guaramirim, Santa Catarina


Os coleópteros (Coleoptera) constituem uma ordem de insetos popularmente conhecidos como besouros. A palavra Coleoptera vem do grego κολεός, koleos (estojo) e πτερόν, pteron (asas), como uma referência a uma importante característica dos besouros: um par de asas anteriores rígidas, conhecidas como élitros, que protegem como um "estojo" as asas posteriores, que são membranosas e delicadas.

A ordem Coleoptera possui o maior número de espécies dentre todos os seres vivos — cerca de 350 mil — sendo portanto o grupo animal mais diversificado existente. Dentre os seus representantes mais conhecidos estão as joaninhas, os besouros-rinocerontes, os gorgulhos, os escaravelhos, os besouros-serra-pau, os vaga-lumes, os salta-martins e os potós. A maior família dentro da ordem coleoptera (e também dentre todo o reino animal) é a família Curculionidae, com mais de 50.000 espécies diferentes, que caracterizam-se pelo rostro comprido que possuem.

Os coleópteros apresentam uma enorme diversidade morfológica. Ocupam particamente qualquer habitat, incluindo os de água doce, embora a sua presença em ambientes marinhos seja mínima. A maioria alimenta-se de plantas. Alguns, no entanto, como as joaninhas, são vorazes predadores de pulgões (afídeos).

Morfologia Externa
Os besouros são geralmente caracterizadas por um rígido exoesqueleto, bem como por rígidos élitros. O exoesqueleto do besouro é composto por numerosas camadas de placas de quitina, chamadas de escleritos, que são separadas por suturas finas. Estas características possibilitam uma espécie de defesa blindada mas que não afeta sua flexibilidade. Em geral a anatomia de um besouro é bastante uniforme, embora certos órgãos específicos e apêndices possam variar muito em aparência e função entre as muitas famílias na ordem. Como todos os demais insetos, os corpos dos besouros são divididos em três seções: cabeça, tórax e abdômen
 
fepema weg frbl johnsonejohnson bvs&a governo_sc avina brazil_foundation celesc prefeitura_jaragua cmdca Doacao Donate