INTRODUÇÃO
 
 
 

VER GALERIA DE FOTOS

 

AUDIO:

  1. Ouvir
 

INFORMAÇÕES:

SABIÁ-COLEIRA
Turdus albicollis



AMEAÇAS:
É a espécie de sabiá mais florestal de todas, e sofre ameaça de perda de hábitat causada pelos desmatamentos constantes que ocorrem no que ainda resta da Mata Atlântica. 

DESCRIÇÃO:

Tamanho aproximado: 22 cm. Garganta rajada de negro com a parte posterior branca, flancos e penas das asas têm cor ferrugem ou cinza, barriga branca e pálpebras e mandíbulas amarelas. Vive no interior da floresta de terras baixas ou de montanhas. 

ALIMENTAÇÃO:

Onívoro: alimenta-se do fruto de uma variedade de plantas, dentre elas a embaúba, erva-de-passarinho, amoras, e mirtáceas. Come coquinhos do palmito, cuspindo os caroços contribuindo assim para a dispersão dessa espécie. Também se alimenta de artrópodes. 

REPRODUÇÃO:

O ninho é uma tigela funda de paredes grossas, feito de partes de vegetais e musgo, e reforçado com barro. A fêmea põe 2 ou 3 ovos verde-azulados salpicados de vermelho, com aproximadamente 2 x 3 cm. A incubação é feita pela fêmea e dura 12 dias e o casal cuida dos filhotes por 17 dias. 

REFERÊNCIAS:
 
*Höfling, E. & Camargo, H.F. de A., 1993. Aves no campus. São Paulo, Instituto de Biociências da USP. 
*Sick, H. 1997. Ornitologia Brasileira. Ed. Nova Fronteira. Rio de Janeiro-RJ
 
fepema weg frbl johnsonejohnson bvs&a governo_sc avina brazil_foundation celesc prefeitura_jaragua cmdca Doacao Donate